Almanaque vem do árabe al-manakh, que é o "lugar em que o camelo se ajoelha". Ponto de reunião dos beduínos para conversar e trocar informações sobre o dia-a–dia.


sexta-feira, 17 de fevereiro de 2006

40º DIA - Quarentena....

Retorno ao fantástico João Bosco para responder ao meu grande amigo Fraldinha, que anda um tanto revoltoso com um certo saudosismo do qual tenho sido acometido! Mas são apenas memórias.... sem pretensão de resgate do passado, por que continuamos andando...caminhamos para o nossa máxima entropia... nossa máxima desorganização! Deixo aqui também uma certa homenagem à memória de meu avô Geraldo, falecido dia 15 passado! Memória da pele
(João Bosco e Waly Salomão)
.......................
.......................
.......................
Bate é na memória da minha pele
Bate é no sangue que bombeia na minha veia
Bate é no sangue que borbulhava na sua taça
E que borbulha agora na taça da minha cabeça

3 comentários:

André, um Jerico disse...

Tõ meio sumidão... mas hj turei o dia pra visitar os amigos. Adorei o que encontrei!!!!

Apareça

Abraços

Fraudinha disse...

Eh,...André...vc tem razão...quem vive de pasado é museu...mas...quando não se tem perspectiva de futuro, quando se vive uma merda de presente, só nos resta o passado que foi bom. Sinto muito pelo seu avô...mesmo sem conhece-lo sabia que ele era uma pessoa forte.
E como diria o Rio Negro e Solimões... Só lembranças...rest6aram em mim...só lembranças... do que teve fim.
Um abraço, véio!

dani parentoni disse...

ei andré! amo esta música! adorei esse fim de semana de encontros na terrinha.
Bj,
Dani.