Almanaque vem do árabe al-manakh, que é o "lugar em que o camelo se ajoelha". Ponto de reunião dos beduínos para conversar e trocar informações sobre o dia-a–dia.


quarta-feira, 9 de novembro de 2005

25º DIA - Canto para Minha Morte - Raul Seixas e Paulo Coelho

Eu sei que determinada rua que eu já passei, Não tornará a ouvir o som dos meus passos Tem uma revista que eu guardo há muitos anos E que nunca mais eu vou abrir Cada vez que eu me despeço de uma pessoa Pode ser que essa pessoa esteja me vendo pela ultima vez A morte, surda, caminha ao meu lado E eu não sei em que esquina ela vai me beijar Com que rosto ela virá? Será que ela vai deixar eu acabar o que eu tenho que fazer? Ou será que ela vai me pegar no meio do copo de uísque Na música que eu deixei para compor amanhã? Será que ela vai esperar eu apagar o cigarro no cinzeiro? Virá antes de eu encontrar a mulher, a mulher que me foi destinada, E que está em algum lugar me esperando Embora eu ainda não a conheça? Vou te encontrar vestida de cetim, Pois em qualquer lugar esperas só por mim E no teu beijo provar o gosto estranho Que eu quero e não desejo,mas tenho que encontrar Vem, mas demore a chegar. Eu te detesto e amo morte, morte, morte Que talvez seja o segredo desta vida Morte, morte, morte que talvez seja o segredo desta vida Qual será a forma da minha morte? Uma das tantas coisas que eu não escolhi na vida? Existem tantas... um acidente de carro. O coração que se recusa abater no próximo minuto A anestesia mal aplicada. A vida mal vivida, a ferida mal curada, a dor já envelhecida O câncer já espalhado e ainda escondido, ou até, quem sabe Um escorregão idiota, num dia de sol, a cabeça no meio-fio... Oh morte, tu que es tão forte, Que matas o gato, o rato e o homem Vista-se com a tua mais bela roupa quando vieres me buscar Que meu corpo seja cremado e que minhas cinzas alimentem a erva E que a erva alimente outro homem como eu Porque eu continuarei neste homem Nos meus filhos, na palavra rude Que eu disse para alguém que não gostava E até no uísque que eu não terminei de beber aquela noite... Vou te encontrar vestida de cetim, Pois em qualquer lugar esperas só por mim E no teu beijo provar o gosto estranho que eu quero e não desejo,mas tenho que encontrar Vem, mas demore a chegar. Eu te detesto e amo morte, morte, morte Que talvez seja o segredo desta vida Morte, morte, morte que talvez seja o segredo desta vida PS: Para mim essa é uma das melhores músicas que já escutei!!!É só isso! Não é nenhum libelo suicida!

6 comentários:

Fraudinha disse...

Cara faz o seguinte, tome dois comprimidos de prozac + três de diazepan + 5 de litio. Tá bom!

Fraudinha disse...

Estou brincando não vai tomar remédio sem orientação medica!

Flávia disse...

hAHAHAHA O rodrigo é uma piada mesmo.
Oh André, será que é por isso que a gente toma wisky num golão só?
hehehehe
Beijoks e não esquece de agora em diante, só tomar de golão, mas cuidado para não engasgar.

André, um Jerico disse...

Pensar que algum dia o Coelho já fez algo de bom. Pelo menos isso!

Abração

Anônimo disse...

Excellent, love it! Office stationery store tacoma wa Provigil for alzheimers www askmen com women 2003 top 99 tenuate Diazepam pharmaceis cod venlafaxine hci effexor xr used cars berretta Cpu v1.0

Anônimo disse...

Cool blog, interesting information... Keep it UP » »