Almanaque vem do árabe al-manakh, que é o "lugar em que o camelo se ajoelha". Ponto de reunião dos beduínos para conversar e trocar informações sobre o dia-a–dia.


quinta-feira, 29 de dezembro de 2005

32º DIA - Feliz Ano Novo

Um ano tem 365 dias, 52 semanas, 8.760 horas, 525.600 minutos e 31.536.000 segundos - alguns mais perfeccionistas dirão que as contas não são precisas porque usam as medidas do tempo humano, e não as interações astronômicas e astrofísicas. Dito isso, pode-se chegar à conclusão de que, para se ter um ano novo, bastaria esperar a passagem desses 31.536.000 segundos.
Particularmente o ano me parece formado pelo dia e pela noite, e nos intervalos pelo amanhecer e pelo crepúsculo; pelas estrelas e pela dança estática da lua e suas quatro faces, que marcam o fluxo da vida; por quatro distintas estações - meio confusas nos trópicos vamos admitir – mas que nos permitem regular o que plantamos e o que colhemos. Um ano é o que ganhamos e o que perdemos, mas sobretudo, o que aprendemos. Um ano é a fruta da estação. Um ano é aproximadamente 42.048.000 batidas do coração, que podem ser apaixonadas, partidas, tristes, alegres, ansiosas, esperançosas, ou mesmo por descuido com a nossa vida. Um ano é o cheiro da comida, da nossa casa, das páginas de um livro novo ou guardado, do perfume da mulher amada, do vinho na taça, da chuva na tarde de verão. Um ano é ouvir a noite e o silêncio interior. Um ano é a solidão, mas também é o conforto dos amigos próximos. Um ano, são os quilômetros de estrada e chão que cruzamos atrás dos nossos sonhos ou de simples férias. Um ano é a beleza de um arco-íris, de uma estrela cadente, de um museu, de uma peça de teatro, de um sorriso, de um “muito obrigado!”, “não há de quê!”, “disponha!”.
Para se ter um ano novo, basta esperar pela passagem dos 365 dias, 52 semanas, 8.760 horas, 525.600 minutos e 31.536.000 segundos do ano que se vive, e no último segundo do 365o dia comemorar o início de um outro ano.
Mas, para se ter um feliz ano novo, basta viver cada dia e cada noite, cada cheiro e cada gesto, cada gosto e cada cor, cada alegria e cada dor, cada amor e cada novo amigo, cada inverno e cada verão, durante os 42.048.000 batimentos do seu coração. Feliz Cada Novo Ano!
André Peres Barbosa de Castro

3 comentários:

shawnerickson78567954 disse...

I read over your blog, and i found it inquisitive, you may find My Blog interesting. My blog is just about my day to day life, as a park ranger. So please Click Here To Read My Blog

Fraudinha disse...

33° dia. Só mudamos a folhinha do calendário. rsrsrsrs

Anônimo disse...

Where did you find it? Interesting read »