Almanaque vem do árabe al-manakh, que é o "lugar em que o camelo se ajoelha". Ponto de reunião dos beduínos para conversar e trocar informações sobre o dia-a–dia.


sexta-feira, 27 de julho de 2007

52º DIA - Sobre o espetáculo do grotesco

Infelizmente a coisa de 9 dias atrás, um avião da Tam prefixo JJ 3054, chocou-se contra um prédio da mesma empresa ocasionando a morte de quase 200 pessoas. A comoção no país foi sentida e claro, sobra para as famílias a dor de terem os seus arrebatados de forma violenta, e de terem que estender o sofrimento para dias, talvez semanas, devido a demora em fazer o reconhecimento dos corpos, antes de dar aos mortos os ritos funerários adequados.
Mas o que me motiva a escrever é que, no meio da dor dos familiares, interesses de terceiros venham permeando a busca por respostas!
1 -De videntes que se disseram capazes de terem previstos a fatalidade, mas que ou não tinham confiado em seus pressentimentos ou queriam ver o mesmo ocorrendo e, talvez por isso só o noticiaram após a tragédia!
2 - A mídia que de forma tulmultuada arranjou, antes mesmo da caixa preta ter sido levada para análise, pelo menos umas quatro explicações possíveis, e possíveis responsabilidades, assumindo para si competências, já que não são órgãos investigativos! Reconhece-se a dor dos familiares, mas entrevistar o filho do comandante da aeronave para respaldar a tese de problemas na pista como causa do acidente, é um pouco demais! Ora em meio a comoção o filho, também vítima, não tem sequer condições emocionais de emitir avaliações de cunho técnico! Já culpuram a pista, o governo federal, o ministro da defesa, o Lula, a Tam, a aeronave, o "reverso" do avião etc.....mas quando de fato a resposta vier, ela com certeza não absolverá socialmente as dezenas de "culpados" da mídia! Até promessas de redes "universais" não comprarem mais passagens aéreas no aeroporto de Congonhas foram feitas!
3- Deputados de oposição e de situação, sem saberem bem o que dizer, dão entrevistas em que afirmam que o piloto tentou arremeter e depois desdizem o que se passou, dizendo que não tinham nenhuma afirmação! Os "demos" como sempre querendo culpar o governo, e no fundo talvez até lamentando que o avião não estivesse cheio daquela "raça"!
4- Recebi agora as fotos, ditas "não publicadas pela imprensa", do acidente, como sempre me causa repúdio, que mediante a dor dos familiares, transformem em "atração de circo" a imagem mais cruel da dor de quem perde um ente querido em meio a uma tragédia! Não repasso essas fotos e não gosto quando me mandam, na verdade, se quer abro mensagens com títulos sugestivos. A morte não me causa medo, nem fico impressionado com elas! Impressiona-me sim, como as pessoas podem ter interesse em repassar fotos que nada minimizam, ou auxiliam na resolução de tragédias similares, pelo contrário, podem é aumentar a dor daquelas famílias que pelas redes sociais que a internet permitiu criar, ter que ver os corpos das vítimas do acidente, e quem sabe não amargar a dor de achar que poderia ser a foto de um parente, um amigo ou um conhecido!
Esperemos o fim das investigações e ai sim poderemos punir aqueles a quem a culpa deve recair!
Aos mortos ao menos o direito de dignamente deixar o nosso convívio, sem servir de espetáculo para a satisfação de alguns que felizmente não perderam ninguém no acidente! Ninguém vira santo ao morrer (ACM não me deixa mentir!), mas respeitemos a dignidade que deve ser dada a todos os seres humanos, e dor dos familiares que deles deveriam guardar somente boas lembranças e boas imagens!

3 comentários:

Flávia disse...

É André, como as pessoas gostam de especular, né! Puxa. Meus primos vieram num vôo antes de Porto Alegre... Susto. Falei com o Xuxu, ele tá indo, de "ônibus" essa semana para SP. Ah, tem foto da Helen gravídica no orkut.
Beijos

Nana disse...

Também não consigo entender essas pessoas que gostam de mandar fotos de corpos esquartejados pro e-mail dos outros... Ainda bem que dessas vez (ainda) não recebi nenhuma!
Beijo

Camu disse...

Imagino a dor de quem perdeu alguém querido... tendo que conviver com esse sensacionalismo todo... Acho o fim da picada!
Beijo

OBS:
Oi, André!!! Sou a esposa do Fraldas!!!